Você está Visitando o site Weizur Brasil. Veja informações sobre todas filiais aqui.

Notícias

COMO O ESTRESSE CALÓRICO IMPACTA NA PRODUÇÃO LEITEIRA

COMO O ESTRESSE CALÓRICO IMPACTA NA PRODUÇÃO LEITEIRA

Quando a temperatura ambiente excede a zona de conforto térmico, também chamada de zona termo-neutro, a vaca estará sofrendo de estresse causado pelo excesso de calor.

Na faixa de temperatura chamada de zona de termoneutralidade a vaca não precisa lançar mão de nenhum mecanismo para dissipar calor, podendo voltar toda a sua "atenção" para a produção de leite. Assim, o estresse calórico muda o status fisiológico da vaca, o que afeta a produção de leite e também a reprodução.

Os fatores ambientais que afetam diretamente o animal incluem a umidade relativa do ar, a velocidade do ar, o grau de radiação solar, a radiação térmica e a perda de umidade.

Consequências do estresse calórico

O aumento excessivo da temperatura provoca no rebanho:

  • Aumento do consumo de água
  • Redução do consumo de matéria seca
  • Busca por sombra e vento
  • Diminuição da atividade
  • Aumento do fluxo de sangue na pele e redução do fluxo nos órgãos
  • Aumento da frequência respiratória e baba
  • Aumento da transpiração
  • Diminuição dos resultados em produção e saúde

Impacto Econômico

O estresse térmico é um dos fatores de maior impacto econômico na eficiência do rebanho, tendo efeitos negativos tanto na produção quanto na reprodução de vacas leiteiras. Os efeitos negativos do estresse térmico chegam a representar $900 milhões de dólares por ano nos Estados Unidos.

Segundo Pierre et al., 2003, o estresse calórico gera os seguintes prejuízos:

  • Decréscimo de 6 a 30% de IMS
  • Decréscimo de 15 a 20% da produção de leite
  • Decréscimo de 40 a 50% na eficiência reprodutiva
  • Aumento da mortalidade
  • Aumento nas incidências e severidade de mastites

Ferramentas de redução de estresse calórico

Na tentativa de diminuir a intensidade do impacto do estresse térmico na produtividade dos rebanhos, têm sido implementados sistemas de resfriamento, sombreamento para vacas leiteiras, estratégias nutricionais específicas e desenvolvimento de práticas de manejo para identificar com maior precisão as vacas sob estresse.

Podem ser implantados na fazenda os seguintes métodos de redução de calor:

  • Sombras
  • Ventilação
  • Ventilação + Aspersão
  • Ventilação + Nebulização

O produtor pode avaliar o bem estar do seu rebanho leiteiro através de métodos específicos.

Fonte: Fundação Roge

Voltar